Navegador

Buscador

Investigaciones sobre Defensa

Suscripción a newsletter

Si desea recibir nuestro newsletter, por favor ingrese sus datos.
 
Inicio

Vox Populi: Dilma segue favorita PDF Imprimir E-Mail
Oct-18-13 - por Murillo de Aragão
O instituto Vox Populi divulgou ontem uma pesquisa de intenção de voto, realizada de 11 a 13 de outubro, para as eleições presidenciais de 2014. O resultado da sondagem foi similar aos números divulgados pelo Datafolha no final da semana passada. Ou seja, se as eleições fossem realizadas hoje, a presidente Dilma Rousseff (PT) poderia vencer no primeiro turno. Portanto, Dilma mantém-se como favorita. 

No entanto, já é possível verificar um crescimento da pré-candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), principalmente quando ele aparece tendo a ex-senadora Marina Silva (PSB) como sua vice. 

Assim, os números do Vox Populi reforçam a tese de que Marina é player no tabuleiro: somente com a presença dela na disputa – como candidata do PSB ou vice de Eduardo – Dilma não venceria a eleição no primeiro turno. Apesar de a pesquisa ter apontado a possibilidade de Dilma vencer no primeiro turno, nossa expectativa é de que a eleição presidencial de 2014 seja decidida em dois turnos. O Vox Populi testou quatro cenários possíveis de primeiro turno para as eleições do próximo ano. 

No primeiro cenário, a presidente Dilma Rousseff soma 43% das intenções de voto contra 30% da soma dos percentuais do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do 
governador Eduardo Campos. Com isso, Dilma teria índices suficientes para vencer no primeiro turno. Porém, o fato de brancos, nulos e indecisos somarem 27%, ou seja, quase 1/3 do eleitorado, indica que há muitos votos a serem disputados.

No segundo cenário simulado pelo instituto, quem aparece como candidato do PSDB é o ex-senador José Serra. Nessa simulação, os números são muito parecidos com o primeiro cenário (ver tabela abaixo). Também se destaca o elevado percentual de eleitores que declara voto em branco, nulo ou se diz indeciso (25%).
O terceiro cenário, com a candidata do PSB sendo a ex-senadora Marina Silva, é o único em que Dilma Rousseff não venceria no primeiro turno. Além disso, Marina aparece à frente do candidato do PSDB (Aécio Neves). Quando o candidato do PSB é Eduardo Campos, Aécio aparece na frente. O resultado desse terceiro cenário mostra que Marina é um player estratégico no jogo sucessório de 2014. 

No quarto cenário simulado, com Marina Silva sendo a candidata do PSB e José Serra aparecendo como representante do PSDB, o quadro pouco se altera, apesar 
de haver empate técnico entre Marina e Serra na segunda colocação. Dilma Rousseff, assim como no cenário anterior, não venceria no primeiro turno.
 
GLOBAL TRENDS 2035
¡nuevo!


EL MUNDO EN 2035

ACTUALIDAD

ARGENTINA
El concepto de la reforma laboral

LATINOAMÉRICA
La elección de Venezuela y sus efectos políticos

INTERNACIONAL
Un mundo tenso e incierto

EVOLUCIÓN SOCIOPOLÍTICA
Balance de la conflictividad social argentina durante septiembre

DEFENSA
El debate sobre defensa y seguridad

OPINIÓN PÚBLICA
Seguimiento de intención de voto a presidente (Dic 2013 - Nov 2015)

OPINIÓN
Proyección del bicentenario de Chacabuco

SECCIONES

ARGENTINA

BOLIVIA
BRASIL

CHILE

COLOMBIA
COYUNTURA
CUBA
DEFENSA
EL SALVADOR
EVOLUCION SOCIOPOLITICA
HONDURAS
IBEROAMERICA
INTERNACIONAL
LAS AMERICAS
LATINOAMERICA

MEXICO

MUNDO
NICARAGUA
OPINION PUBLICA
PARAGUAY

PERU

URUGUAY

VENEZUELA

Opinion Publica Indicadores de opinion publica de Argentina Indicadores de opinion publica de Argentina Indicadores de opinion publica de America Latina

Archivo historico banner_cp.jpg


Indicadores